Sobre a mensagem “Vivendo como filhos amados de Aba”